sexta-feira, janeiro 13, 2017

Sozinha no quarto escuro com os últimos moveis em pé e caixas espalhas, escrevo isso para deixar registrado estes meus sentimentos: Medo, confusão e ansiedade; uma mistura de bem e mal, de certo e errado, é uma nova etapa que está a chegar, hora de ir embora dos velhos costumes, hora de fazer minha mãe chorar sozinha enquanto tenta assistir TV. É difícil ir embora da casa dos pais, mas o que fazer?


A vida é mesmo assim, cada fase uma dor, cada fase um aprendizado que marca para sempre.

E a minha alma fica tão cheia de cicatrizes, tão cheia de saudades, mas o coração continua aqui, cheio de amor. 

0 recados:

Postar um comentário